Como usar a Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato?

Definir o preço correto do seu produto é um dos primeiros passos para o sucesso da sua marca. Cobrar um preço justo é crucial para que não haja perda de vendas ou de dinheiro, e mesmo assim ainda é uma dúvida comum entre muitas artesãs.

Pensando nisso, criei a Planilha de Cálculos de Preços para Artesanato. Ela é ideal para as artesãs que sentem dificuldade em saber qual preço cobrar pelo seu artesanato e que querem uma solução simples e rápida para cobrar um preço justo, sem riscos de cobrar muito caro ou muito barato, por suas peças.

capa

Por que não calcular o preço manualmente?

Muitas artesãs calculam manualmente o preço do artesanato, multiplicando o valor gasto por 2 ou 3. Essa é uma prática comum, não só no artesanato, como também na venda de outros produtos, principalmente por pequenos empreendedores. Essa fórmula de calcular não é a correta, pois ela exclui muitos outros dados importantes, como custos com frete e logística, materiais relacionados à apresentação e divulgação do produto (embalagem, etiqueta, gastos com propaganda e comissões), custos fixos (valores gastos com luz, água e telefone), e principalmente a análise da concorrência e a ideia do valor percebido (avaliação do seu produto pelo cliente, levando em consideração os seus benefícios).

planilha-artesanato

Conhecendo a Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato

A Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato possui 7 áreas:

  • A primeira, denominada “Seu tempo de trabalho”, possui colunas de informações relacionadas ao tempo que você separa para criar os seus artesanatos e o dinheiro que você irá ganhar de acordo com esse tempo trabalhado. As colunas existentes são: total de horas trabalhadas por dia, total de dias trabalhados na semana, tempo em minutos para produzir uma peça e salário mensal;
  • A segunda, chamada “Valores importantes”, possui colunas de informações relacionadas a custos importantes que você possui (tanto os relacionados com a quantidade de matéria-prima produzida, até os que existem mesmo sem a produção e venda de produtos). As colunas dessa área são: impostos, comissões, lucro e custos fixos;
  • Em “Outros custos”, temos colunas com os custos relacionados à entrega e divulgação do produto. As colunas existentes são: cartões e tags, embalagem e outros.
  • Em “Matérias-primas utilizadas”, temos todos os dados relacionados aos materiais que você trabalha para criar suas peças: nome do material, preço, peças e custo por peça;
  • Em “Cálculo do preço”, temos os dados gerais, calculados a partir do preenchimento das outras áreas: custo de materiais, outros custos, custo de horas, comissão de marketplace, impostos, total parcial, margem de lucro e custos fixos;
  • As duas últimas áreas são o “Valor da sua hora” e, finalmente, o “Preço final”.

Passo a passo de como utilizar a Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato.

Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato

1 – Depois de adquirir a planilha, preencha as colunas relacionadas ao seu tempo de trabalho. Digite a quantidade de horas que você trabalha por dia e em quantos dias da semana. Preencha também o tempo que você gasta para finalizar uma peça. Na coluna “salário mensal”, digite o salário que você gostaria de ter, de acordo com o total de horas trabalhadas;

2 – Na área “Valores Importantes”, preencha o campo “impostos” com a porcentagem de impostos que você paga, caso emita nota fiscal. Se não emitir, preencha com o número 0 (zero). Em “comissões”, preencha com o valor da comissão do local onde você vende seu artesanato (por exemplo, mercado livro, elo 7, entre outros). Em “lucro”, preencha com a porcentagem de lucro que você quer trabalhar. Em “custos fixos”, digite o valor gasto em custos comuns, como água, luz, telefone e outros;

3 – Em “outros custos”, preencha com os custos relacionados à apresentação e divulgação do seu produto: cartões, tags, embalagem ou, em “outros”, qualquer outro custo parecido;

4 –  Preencha a tabela “Matérias-primas utilizadas”. Em “material”, digite os materiais que você utiliza para a criação dos seus artesanatos. Depois digite em “preços”, o preço de uma unidade da matéria-prima. Em “peças”, digite quantas peças você consegue fazer com 1 unidade da matéria-prima. O campo “custo por peça” é calculado automaticamente, de acordo com os dados preenchidos;

5 – A planilha “cálculo do custo” e todos os seus campos também são preenchidos de forma automática, assim como o “valor da sua hora”.

6 – Após preencher todas as áreas disponíveis, o campo “Preço final” também automaticamente será calculado. Esse será o valor que você irá cobrar por uma peça produzida.

6 – Depois de preencher todos os campos, você poderá ver os gráficos de “custo do produto”. Com esses gráficos, você poderá identificar de forma clara a porcentagem de gastos que você tem.

Leia também:  Como calcular preço de artesanato?

O que você precisa saber antes de adquirir a Planilha de Cálculo de Preços para Artesanato

  • A planilha de cálculo serve para calcular o preço final de qualquer tipo de artesanato;
  • Ela pode ser acessada pelo computador, smartphone ou tablet;
  • Para acessar a tabela é preciso ter o programa Excel instalado (o programa já vem instalado na maioria dos computadores);
  • Você pode assistir uma aula explicativa exclusiva onde aprenderá a usar a planilha de forma rápida e eficiente. Basta acessar o link: Como usar a Planilha de Calculo de Preços para Artesanato.
  • Caso você não goste da planilha, algo que eu tenho certeza que não vai acontecer, você pode pedir a devolução do dinheiro. Garantia incondicional, sem taxas de devolução e sem multas.

Caso você ainda não tenha adquirido a planilha, basta clicar no botão abaixo para garantir a sua.

Dúvidas e sugestões? Deixe seu comentário e fique de olho nas minhas próximas dicas de marketing de artesanato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *