Como vender artesanato no Mercado Livre

Como cadastrar e vender artesanato no Mercado Livre?

O Mercado Livre é um dos principais canais para venda de artesanato na internet, e apesar de tão conhecido ainda existe muita dúvida sobre como vender artesanato no Mercado Livre. Já falei muito sobre ele aqui no blog, mas de forma superficial. Agora chegou a hora de você conhecê-lo um pouco mais a fundo e aprender como cadastrar os seus produtos.

Como vender artesanato no Mercado Livre

Conhecendo o Mercado Livre

O Mercado Livre foi criado em 1999 na Argentina, e hoje com mais de 17 anos de experiência, possui mais de 95 milhões de usuários cadastrados (dados contabilizados até 2013). É conhecido no mundo digital como marketplace, ambiente de varejo online onde os lojistas oferecem os seus produtos em um único local. Foi considerado o 10º site de comércio eletrônico mais acessado de todo o mundo, e, além disso, possui outros números que comprovam o seu sucesso mundial, como mais de mil buscas realizadas por segundo, e 2,5 vendas concretizadas nesse mesmo período.

O Mercado Livre comercializa mais de duas mil categorias de produtos novos, seminovos e usados, que vão desde carros até acessórios de beleza. A área de artesanato é uma das que mais crescem no Mercado livre, possuindo uma página exclusiva, com um grande número de vendedores artesãos e consumidores apaixonados por essa arte. Nessa página você encontra cadastrado desde lembrancinhas para casamento até peças de bijuterias.

Realizando o cadastro no Mercado Livre

O Mercado Livre não cobra nenhum valor para a realização do cadastro. Ele trabalha a partir de comissão de vendas. Para realizar o cadastro, basta entrar no endereço www.mercadolivre.com.br e clicar na opção “cadastre-se”. Após isso, preencha os seus dados pessoais, como nome, telefone, e-mail e senha. Um cadastro no Mercado Livre serve tanto para ser vendedor como comprador.

Após realizar esse cadastro inicial, basta clicar em “quero vender” e pronto, você já pode começar a publicar os seus produtos.

Cadastrando e divulgando seu artesanato no Mercado Livre

Após clicar na opção de venda, preencha os dados que aparecem na tela, de acordo com o tipo do seu produto. Escolha o que você quer anunciar, coloque um título atraente e depois escolha o tipo de categoria em que ele melhor se enquadra. Também descreva o seu produto em detalhes e adicione belas fotos. Também não se esqueça de informar se ele é novo ou usado. Depois basta preencher o preço e a quantidade. E por fim, confirmar o seu anúncio.

Como dito anteriormente, o Mercado Livre não cobra o cadastro, mas ele funciona a partir de valores de comissão de vendas. Esses valores dependem do tipo de anúncio que você deseja vincular. Desde setembro de 2015, os planos de anúncio do Mercado Livre mudaram de Bronze, Prata, Ouro e Diamante para Grátis, Clássico e Sem Juros. Essa mudança foi boa para os vendedores.

Leia também:  6 dicas para lidar com altos e baixos nas vendas de artesanato

Entenda um pouco sobre a comissão do Mercado Livre:

  • Grátis – No anúncio “Grátis”, caso seu produto seja novo, seu anúncio fica ativo por 60 dias. Se o seu produto for usado, não há limite de dias. Esse anúncio está disponível para aqueles com menos de 6 vendas mensais, ou seja, é um plano ideal para aqueles que possuem poucos produtos e que ainda não realizam vendas com frequência. A principal vantagem do anúncio “Grátis” é que não há cobrança de comissão de vendas. A maior desvantagem é que você só pode criar esse tipo de anúncio se você tiver apenas uma unidade de estoque.
  • Clássico – No anúncio “Clássico” os seus anúncios possuem data ilimitada. Eles só irão sair do ar, caso seu produto fique com estoque esgotado. No anúncio Clássico existe a cobrança de 10% de comissão por casa venda realizada.
  • Premium – O anúncio Premium também permite anúncios com data de término ilimitada. Os anúncios também só sairão do ar caso o estoque fique zerado. No anúncio Premium, a comissão por cada venda é de 16%. Nesse tipo de anúncio você pode oferecer o parcelamento sem juros para produtos mais caros.

A principal vantagem dos novos planos do Mercado Livre é que não há valor cobrado para anunciar (diferente de antigamente). Você somente pagará ao Mercado Livre quando vender algum produto. E lembrando que você pode mudar de plano quantas vezes quiser e de forma fácil e rápida.

Uma dica que eu dou é sempre começar com o tipo de anúncio mais básico, e de acordo com os resultados, migrar para os outros tipos de anúncios.

Formas de Pagamento

Ao realizar o cadastro no Mercado Livre, automaticamente você também está cadastrado no Mercado Pago, serviço de pagamento online do Mercado Livre. Todos os pedidos feitos no Mercado Livre são processados por lá. Com o Mercado Pago você pode aceitar pagamentos via cartão de crédito (oferecendo até 12x sem juros, em diversas bandeiras) e à vista a partir do boleto bancário. Com o Mercado Pago você também recebe os pagamentos dos seus clientes, podendo enviar os valores para a sua conta bancária.

O Mercado Pago oferece total segurança para quem vende e para quem compra. É realizado um monitoramento dos pagamentos 24h por dia, analisando se eles foram aprovados e se os produtos foram entregues. O Mercado Pago se responsabiliza pela mediação entre cliente e vendedor, e qualquer problema que surge, ele rapidamente resolve.

Formas de envio

Os correios são uma das formas de envio utilizadas no Mercado Livre. Ao cadastrar o seu produto, na aba “Custos de envio ou entrega”, você preenche os dados necessários, e ainda pode escolher a opção de frete grátis. Os seus anúncios incluem uma calculadora de frete e prazo de entrega. Após a comprar ser processado no Mercado Pago, você pode imprimir a etiqueta de envio e postar sua encomenda.

Leia também:  Como divulgar artesanato com vídeos?

O Mercado Livre utiliza uma ferramenta chamada “Mercado Envios”, que protege as compras realizadas e confirma se o produto postado foi recebido pelo comprador.

Você também pode escolher disponibilizar a opção “retirar em mãos”, ideal para quem possui loja física ou escolher a opção “transportadora”, para quem trabalha com sua própria forma de entrega.

Dúvidas?

Agora que você já sabe como vender artesanato no Mercado Livre, deixe um comentário dizendo o que achou dessas dicas. Se você possui alguma dúvida de como vender o seu artesanato, fique de olho nos próximos artigos. Irei dar dicas preciosas de como divulgar os produtos que você cadastrou. Também fique de olho nos próximos cursos do Profissão Artesanato.

Recomendados Para Você:

6 Comentários

  1. MARIA CRISTINA ANDRADE FRANCO ROSELL

    SEU ARTIGO DE “COMO VENDER ARTESANATO NO MERCADO LIVRE” FOI MUITO ESCLARECEDOR.
    ADOREI TODAS AS DICAS

    Responder
  2. ana lucia dos santos

    Eu gostaria de vender os meus artesanatos pelo mercado livre, gostaria de saber co mo devo fazer?

    Responder
  3. ana lucia dos santos

    Não fiquei com duvida nenhuma, e estou ciente que quero vender os meus artesanatos no mercado livre, porque sei que é um site seguro, por que já comprei muito

    Responder
  4. Cler

    Olá, gostei muito do seu artigo. Gostaria de saber como funciona o negócio do frete, como eu posso saber quanto o meu produto vai custar para enviar, tem que ter uma balança em casa o algo assim? Olha pode parece uma pergunta boba mas é a primeira vez que vou colocar meus produtos para vender na internet. Obrigado!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *