10 dicas para você ser mais criativa em seus artesanatos

Junto com a habilidade, a criatividade é fundamental para o artesão. Renovar está ligado diretamente à sua vontade de crescer e conhecer novos horizontes. Mas muitas das vezes, por cansaço, problemas diários ou falta de estímulo, ficamos esgotados e não conseguimos pensar em nada novo. Para que isso não aconteça mais, separei 10 dicas que podem te ajudar a ser mais criativa em tempos difíceis. Confira!

10 dicas para você ser mais criativa em seus artesanatos

1 – Saia da zona de conforto e tenha novas experiências

A criatividade, na maioria das vezes, aparece quando você sai da sua zona de conforto. Que tal começar a experimentar novas formas de artesanato? Se você trabalha com biscuit, pode começar a aprender encadernação ou patchwork, por exemplo. O artesanato inclui muitas técnicas: pintura, bordado, materiais recicláveis, decoupage, crochê, entre diversas outras. Com certeza você se vai se interessar por mais de uma e irá ampliar os seus conhecimentos.

Atividades não relacionadas diretamente ao artesanato também podem ser fonte de inspiração. Você pode começar a fazer dança, gastronomia, aprender música ou ler novos livros. Qualquer experiência nova nos traz novas ideias.

2 – Crie um ambiente propício para criatividade

Você não precisa ter um ateliê todo equipado, mas ter um belo cantinho onde você se sinta confortável e relaxada é importante para a criatividade. Pode ser na sua própria sala, no cantinho do seu quarto ou na varanda da sua casa. Aproveite o silêncio desse espaço e deixe as ideias fluírem, por mais loucas ou impossíveis que, inicialmente, possam parecer.

3 – Não fique muito tempo esperando a criatividade chegar

Muitas vezes paramos em frente ao papel e ficamos horas esperando até que saia algo. Isso não é legal e te deixará cada vez mais nervosa e ansiosa. Se você começou a fazer um trabalho, mas não esta conseguindo finalizar, saia do lugar onde está e vá fazer outra coisa. Dê uma caminhada, respire ar puro. Caminhe por uns 15 minutos, ouvindo uma boa música. Se for em um belo local, melhor ainda. Esse muitas vezes é o segredo para desbloquear a mente. Depois que acabar a caminhada, na maioria das vezes, você estará se sentindo melhor e muito mais criativa. Experimente!

4 – Estude bastante e tenha referências

Um bom jeito para ter a criatividade sempre aflorada é estudar bastante e sempre ter referências a se inspirar. Esse é um exercício diário. Para ajudar, você pode criar, virtualmente ou em um caderno mesmo, um mural de inspirações, onde tudo que te inspira é colocado por lá: páginas de revistas, flores, tecidos, folhas, materiais. Tenha sempre isso por perto. Principalmente quando for criar seus artesanatos.

5 – Separe um tempo exclusivo para criar seus artesanatos

Ter um tempo exclusivo para criar seus artesanatos é importante. Separe um tempo na sua agenda exatamente para isso. Pode ser 1 hora por dia, 2 horas por dia, 3 vezes por semana. Não importa, você decide. Deixe esse tempo reservado e não deixe para criar os seus produtos apenas na correria do dia a dia.

6 – Veja o que os seus concorrentes estão fazendo

Você já ouviu falar de benchmarking? Benchmarking é uma das ferramentas mais utilizadas pelas grandes empresas e pode ser bastante útil na área de artesanato. A técnica consiste na pesquisa das atividades da concorrência para definir a sua atividade.

Olhe os que os seus concorrentes estão fazendo. Como eles estão sendo criativos. Use a internet a seu favor e pesquise. Não é copiar a ideia do concorrente. Mas saber o que ele está fazendo, poderá servir de inspiração para você criar artesanatos inovadores e criativos.

7 – Observe as crianças

As crianças ainda não adquiriram filtros sociais que os adultos tanto prezam. Por esse motivo elas são livres para brincar, cair, falar, correr, rir, se jogar e inventar tudo o que elas quiserem. Com certeza, enquanto você observa o processo de uma criança, você vai perceber como as ideias infantis surgem rápido e são colocadas em prática na mesma velocidade. É praticamente uma aula de praticidade.

8 – Acredite no seu trabalho

Acredite no seu trabalho já realizado e na competência das suas próximas criações. É natural que no início o seu novo processo saia um pouco “caótico”, quase nada linear. Começar a testar novas técnicas, linguagens, estéticas, estilos pode ser um pouco confuso. Mas pode ficar tranquila, pois sempre chega a hora que tudo se alinha e você percebe que criou algo totalmente incrível.

9 – Sonhe mais

Use sua imaginação a seu favor. Pense grande, sonhe bastante. Não se limite. Isso é primordial para trabalhar a sua criatividade. O seu artesanato pode ser um reflexo de tudo que você faz ou gostaria de fazer.

10 – Cuide mais de você

De nada adianta você seguir todas as dicas que eu te passei até aqui, e o seu organismo não cooperar. Se você está passando por problemas, tente resolvê-los ou, na hora de criar os seus produtos, use o seu artesanato como uma maneira de vencer esses momentos ruins.

Também cuide de outros aspectos da sua saúde física e mental: durma um mínimo de 7, 8 horas por noite, mantenha uma alimentação equilibrada, procure sempre fazer atividades físicas regulares. Você verá que com esses cuidados, os resultados serão visíveis no seu corpo e na sua mente, e consequentemente a criatividade vai aparecer.

Gostou das dicas? Tem outras ideias de como aumentar a criatividade nos artesanatos? Conte pra gente aqui nos comentários!

 

5 Comentários

  1. Júlia Cristina Cavalcante

    Muito bom. Obrigada.
    Agira q estou me aposentando vou poder seguir estes passos c mais afinco e obter melhores e maiores resultados.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *